Stacks Image 16

Dinis Miranda

 
Nasceu a 08 de Agosto de 1964 em Viana do Castelo.
Realizou os estudos secundários na Escola Secundária de Monserrate em Viana do Castelo.
Iniciou o serviço militar obrigatório em 1985 na Marinha Portuguesa.
Em Março de 1990 concluiu o bacharelato em engenharia de Máquinas no Instituto Superior de Engenharia de Lisboa.
Iniciou a actividade profissional na área técnica como projectista de equipamentos e instalações de ventilação industrial.
Em 1992 entrou para o grupo F. Ramada como director comercial da área de ferramentas. Nesta área acompanhou e desenvolveu contactos com os mercados do Chile, Argentina e Brasil, tendo assumido a direcção geral da mesma área no ano de 1995.
No ano 2000 frequentou o MBA Executivo da escola de negócios E.S.A.D.E./A.E.P.
Assumiu nesse mesmo ano, ainda no grupo F. Ramada, a direção comercial da área de negócio relativa a sistemas de armazenagem onde foi responsável pelo mercado nacional e pelas relações com vários países da América Latina, Espanha e Marrocos.
Neste âmbito, desenvolveu parcerias na América do Sul com destaque para os mercados Brasileiro, Argentino, Chileno e Colombiano.
Em Abril de 2013 assumiu a direcção Geral da empresa Universal Afir, (distribuidor de aço do grupo F. Ramada).


Filipe Correia


Filipe Correia iniciou-se como Responsável de Expansão da marca Parfois no inicio de 2009 onde tem sido um elemento fulcral para o crescimento da presença internacional da marca.
Anteriormente, esteve envolvido na expansão da marca portuguesa de jeans, Salsa, com operações directas e franchisadas em diversos países. Iniciou a sua carreira internacional na industria têxtil no Japão, onde residiu 2 anos.
 A marca Parfois com sede no Porto, é uma das mais importantes marcas de acessórios femininos em Portugal e um caso de sucesso internacional, contando com mais de 400 lojas em 40 países e com uma taxa de crescimento média de 29% nos últimos 4 anos.


Frederico Moniz


Director da Balfour Beatty Rail, Divisão da Balfour Beatty Plc, multinacional inglesa na área da construção e cotada na bolsa de Londes. Com 16 anos de experiência, iniciou o seu percurso profissional na Noruega (Norks Hydro ASA). Desde 2000 na Balfour Beatty, tendo ocupado durante 10 anos cargos na área financeira. Após estar envolvido em alguns projectos pontuais em Itália, Espanha e Suécia, foi convidado a assumir o cargo de responsável pelo desenvolvimento do negócio no mercado Sul Americano, no início de 2011. Licenciou-se na Faculdade de Economia e Gestão da Universidade Católica do Porto, 1997, e concluiu o MBA Executivo na Porto Business School em 2008.


Luís Cervantes


Licenciado em Economia pela Faculdade Economia do Porto e Pós Graduado em Gestão de Risco e Produtos Derivados.

- Membro do Conselho de administração do Grupo SABSEG
- Membro do Conselho Executivo da Axa, entre 2006 e 2010.
- Assessor da Administração da Tranquilidade em 2005.
- Quadro Directivo do Banco Espirito Santo entre 1993 e 2005


Pedro Miguel Cardoso


Pedro Miguel Cardoso nasceu no Porto, em 28 de Julho de 1969 e licenciou-se em Engenharia Mecânica na FEUP, tendo posteriormente concluído um Executive MBA, em Administração e Marketing, da Católica Porto Business School.
Executivo do sector automóvel, possui 18 anos de experiência na Europa e no Brasil, em Funções de Direção Técnica, Comercial, Industrial e Direção Geral.
Iniciou a sua carreira profissional, em 1994 na fábrica da Renault de Cacia, em atividades de engenharia de desenvolvimento de produto, participando de plataformas de produto/processo em Portugal e França.
De 1998 a 2003 foi Diretor Técnico-Comercial da Sonafi, S.A., que entretanto havia integrado o grupo Europeu do setor automóvel,  a Euralcom Group.
No final de 2003 assumiu funções de Administrador e Diretor Geral das operações brasileiras do mesmo grupo, sob o nome de  Alusur do Brasil, como executivo expatriado, tendo como missão fazer o turnaround da empresa. Permaneceu no cargo até final de 2010 e durante este período a empresa cresceu mais de três vezes.
Em 2011 assumiu funções como Diretor de Operações da Itesa, uma empresa familiar brasileira, com 600 colaboradores, num projeto de profissionalização. Saiu em final de 2012, tendo desde então prestado consultoria em empresas do setor automóvel e de transportes.
Colaborou com vários projetos de start-up no Brasil em diferentes sectores, desde fornecimento equipamentos de engenharia, fashion retail e transportes e com associações ligadas ao sector automóvel brasileiro.